em Saúde

Cientistas da Universidade da Califórnia desenvolveram um mecanismo tecnológico capaz de traduzir a atividade cerebral em fala, por meio da inteligência artificial. A descoberta pode ajudar na restauração da comunicação de pacientes com problemas cognitivos graves. Nosso médico neurologista e coordenador da Neurologia do Hospital Santa Lúcia, Dr. Cláudio Carneiro, comentou os resultados do experimento em entrevista ao Correio Braziliense: clique aqui.

Correio Braziliense - Dr. Cláudio Roberto Carneiro HSLS - 25-04-2019

Posts recentes