em Saúde

Médicos brasilienses criticam normas que restringem doação de sangue por gays, expressas em resolução da Anvisa e portaria do Ministério da Saúde. Em entrevista ao G1 DF,  o médico infectologista e chefe da Comissão de Controle de Infecção do Hospital Santa Lúcia, Dr. Werciley Júnior, explica que essa determinação é apenas um “moralismo desnecessário”. Confira mais clicando aqui!

G1 DF (completo) - Dr. Werciley Júnior HSL - 20-10-2017

Posts recentes