Agência Estado via Isto é Dinheiro: para o diretor-presidente da ABCE, Alexei Vivan, a isonomia a ser perseguida deveria ser a de garantir condições para a concessionária subsistir, o que significa avaliar cada distribuidora individualmente, incluindo sua situação econômico-financeira, sua infraestrutura e as condições econômico-sociais e culturais da área de concessão. “O que precisa é avaliar caso a caso e dar prazos e tarifas condizentes com a realidade de cada empresa, sem necessidade de aportes. Não dá para espelhar ou usar como benchmark distribuidoras do Sudeste”, disse. Confira a reportagem AQUI!

Posts recentes