Nova norma da Aneel determina que os investimentos em fiação subterrânea não podem ser divididos por todos os clientes da distribuidora e que os valores devem ser discriminados nas tarifas. Se uma cidade decidir aterrar a rede, deverá pagar pelo custo isoladamente. Segundo Nelson Leite, presidente da Abradee, as empresas precisavam dessa clareza. Confira mais detalhes na matéria da Folha de SP

abradeee-24-11

Posts recentes